Mobile já é realidade!

Resumidamente sites mobile friendly são sites adaptados aos dispositivos móveis. Esses sites podem ser acessados de maneira amigável em celulares, tablets e qualquer outro dispositivo.

Os smartphones já se tornaram a primeira tela de grande parte da população mundial – e algumas vezes a única tela. E o Google, como não podia deixar de ser, resolveu olhar mais de perto para essa nova realidade e recompensar websites que estejam verdadeiramente preparados para serem visualizados em dispositivos móveis.

Em 21 de abril de 2015 o Google “vira a chavinha”. O novo algoritmo de busca promete priorizar os sites mobile-friendly nos resultados de busca. E o fato da empresa dominar 75% do market share de buscas online faz com que a mudança seja incrivelmente significativa também para os donos, criadores e desenvolvedores de websites do mundo todo.

“Websites que não foram desenhados com Mobile em mente tomarão um grande soco no estômago.”

“O Google muda seu algoritmo com bastante frequência, mas essa é uma mudança maior que todas as outras que têm acontecido recentemente. Websites que não foram desenhados com Mobile em mente tomarão um grande soco no estômago – e websites que usam design responsivo começarão a crescer nos resultados da busca.” – diz Collin Colburn, analista da Forrester.

A lógica é simples: se o site está preparado para ser visto em dispositivos mobile, os usuários terão uma experiência melhor.

Palavras do próprio Google: “À medida que mais pessoas usam dispositivos móveis para acessar à Internet, nossos algoritmos têm de se adaptar a estes padrões de uso.”

Mobile Friendly

COMO SE PREPARAR PARA O NOVO ALGORITMO

A Google lançou uma ferramenta que ajuda os desenvolvedores a testarem se seu site é considerado “mobile-friendly” ou não pelo algoritmo.

Teste seu site: https://www.google.com/webmasters/tools/mobile-friendly/

Além da ferramenta do Mobile-Friendly Test, o Google também disponibilizou uma série de guias e documentos importantes para quem ainda precisa ajustar o código do site para torná-lo mobile- friendly.

A mudança pode provocar mudanças drásticas no ranking dos sites com o passar do tempo.

Fonte/Informações: arquiteturadeinformacao.com